Os Resíduos Urbanos (RU) são constituídos por várias tipologias de resíduos, sendo que em 2015, os resíduos indiferenciados representaram globalmente 73% da recolha de RU do Sistema AMTRES, seguida dos resíduos verdes, com 11%.

Os Resíduos indiferenciados recepcionados nesta unidade são encaminhados para Tratamento Mecanico (TM) onde sao sujeitos a um pre-tratamento em crivos rotativos de malha de 120 mm, a uma triagem manual da fraccao superior a 120 mm – onde se recupera papel/cartao, varios tipos de plastico e aluminio – a uma separacao magnetica da fraccao inferior a 120 mm (onde se processa a recuperacao do aco) e a uma separacao mecanica do restante material num segundo conjunto de crivos de malha de 80 mm.
Os Resíduos com granulometria inferior a 80 mm – a fraccao organica dos Resíduos indiferenciados – sao transferidos para tratamento biologico na CDA da Abrunheira.
Os Resíduos que nao sao recuperados na triagem manual bem como a fraccao nao passante da crivagem a 80 mm constitui o refugo do pre-tratamento e e encaminhado para destino final.

Por questões logísticas relacionadas com o transporte de resíduos desde Trajouce até à Abrunheira, desde meados de 2013 que a Tratolixo decidiu pré-crivar os RU dos Concelhos de Cascais, Oeiras e Sintra na CITRS de Trajouce, encaminhando para a CDA da Abrunheira apenas a fracção inferior 80 mm, caracterizada pelo seu elevado teor de resíduos orgânicos. Desta forma, é possível reduzir o transporte interno entre as duas unidades em cerca de 50%, aumentando por outro lado a disponibilidade técnica da CDA da Abrunheira, o que tem contribuído para o seu bom desempenho. Os RUB recolhidos selectivamente no sistema são igualmente encaminhados para a CDA.

A TRATOLIXO recebe as diversas tipologias de Resíduos provenientes das recolhas do Sistema AMTRES e realiza, mediante a capacidade das suas instalacoes, o seu tratamento, a partir do qual obtem produtos que comercializa.